terça-feira, 28 de abril de 2015

The Lady In Gold


Primeiro filme na América. Gostei :)
O público aqui tem menos inibições, no final aplaudiram. :)

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Inherent Vice


O filme visto mais de quatro anos depois de lido o livro.

O filme é bom, grandes atores e uma forma possivel de passar a imagem um universo dificil de descrever. 
Mas é Thomas Pynchon na essência.
Vejam que vale a pena :)

sexta-feira, 10 de abril de 2015

A Vida Amorosa de Nathaniel P. de Adelle Waldman


Mais um livro cheio de recomendações, que comprei pela capa :). Tal como tenho explicado aqui várias vezes, é um dos meus critérios para compra. A par de recomendações de amigos, da critica e de alguns autores que procuro seguir. Mas é verdade, trago sempre um livro cuja capa se autorecomende. Este divertiu-me. É um bom livro e uma história bem contada. Com uma particularidade, é a história de um homem, Nate, com cerca de 30 anos, no caminho de um primeiro sucesso editorial e a sua relação com as mulheres. Contada na primeira pessoa, mas escrita por uma mulher, Adelle Waldman, neste seu primeiro romance. Nada disto é novo e é centenar o inverso. De homens a descrever o universo feminino, já há muito se perdeu a conta. Este livro em particular, oferece-nos uma visão moderna e atual do pequeno mundo de um homem, face à circunstancia das mulheres com quem se vai envolvendo mais ou menos romanticamente. E a verdade é que se reconhece muito do que Nate pensa e faz em nós homens, mais ou menos genéricamente. É uma boa sugestao de leitura para umas horas bem passadas. É muito bem escrito e tem o ritmo certo. É um page turner  sem duvida nenhuma, li-o em duas jornadas noturnas consecutivas. E é cada vez mais raro que me apareça um livro que me divirta e agarre desta maneira. Não vai mudar a vida a ninguém, mas dá-nos a certeza de que há mulheres que nos percebem bem, ou pelo menos escrevem muito bem sobre isso. É de ler. Entretém, e isso, meus amigos, já não é pouco. Boa Semana e Melhores Leituras :)

O MUNDO DE FORA de Jorge Franco (Alfaguara)
ORGULHO E PRECONCEITO de Jane Austen (Ed. Presença)
D. QUIXOTE DE LA MANCHA de Miguel de Cervantes - Versão de Aquilino Ribeiro (Bertrand)
A CONVERSA DE BOLZANO de Sandor Marai (D. Quixote)
VIAGEM AO FIM DA NOITE de Louis-Ferdinand Céline (Ulisseia)
MONTEDOR de José Rentes de Carvalho (Quetzal)
O LEGADO DE HUMBOLDT de Saul Bellow (Quetzal)
AMORES E SAUDADES DE UM PORTUGUÊS ARRELIADO de Miguel Esteves Cardoso (Porto Editora)
PANICO NO SCALA de Dino Buzzati (Cavalo de Ferro)
TUDO O QUE SOBE DEVE CONVERGIR de Flannery O´Connor
VITORIA de Joseph Conrad (Ulisseia)
OS FACTOS de Philip Roth (D.Quixote)
DJIBOUTI de Elmore Leonard (Teodolito)
ALGUMA ESPERANÇA e LEITE MATERNO de Edward St Aubin (Sextante)
O FILHO DE Philipp Meyer (Bertrand)
A CASA DA ARANHA de Paul Bowles (Quetzal)
A MULHER MAIS BONITA DA CIDADE de Charles Bukowski (Alfaguara)
TEATRO DE SABATH de Philip Roth (D. Quixote)
O TODO-MEU de Andrea Camilleri (Bertrand)
O TEOREMA KATHERINE de John Green (ASA)
CONTOS E NOVELAS I de Saul Bellow (Relógio d´Água)
AS LUZES DE SETEMBRO de Carlos Ruiz Zafón (Planeta)
MAS É BONITO de Geoff Dyer (Quetzal)
LIBRA de Don DeLillo (Sextante)
RELATÓRIO DO INTERIOR de Paul Auster (ASA)
ALFABETOS de Claudio Magris (Quetzal)
MIRAGEM DE AMOR COM BANDA DE MUSICA de Hernán Rivera Letelier (Quetzal)
O JOGO DO MUNDO de Julio Cortázar (Cavalo de Ferro)
DIÁRIO PARA ELIZA de Lawrence Sterne (Antígona)
DANUBIO de Claudio Magris (Quetzal)