terça-feira, 20 de abril de 2010

A RAINHA NO PALÁCIO DAS CORRENTES DE AR - Millennium III de Stieg Larsson (Oceanos)

"Por vezes, somos tão diferentes de nós mesmos como dos outros” François La Rochefoucauld

Ao longo de 720 páginas avançamos para o final desta obra, que, com grande pena de todos os “aficionados”, fica inacabada. Do primeiro para o segundo volume, identificamos claramente duas estórias distintas, dois livros separados. Não é agora o caso, o terceiro volume continua a narrativa do segundo, sem paragens. Não é um livro para ler sem se ter lido o anterior. Como se diz nos bons policiais, “ a trama adensa-se”, agora entram todas as personagens que vimos formar nos anteriores dois capitulos. Lisbeth Salander, ferida com gravidade, vê a sua situação complicar-se, vai contar com a ajuda de Mikael Blomkvist, de Dragan Armanskij e de outros, mas as forças que a perseguem tem motivos poderosos para a querer silenciar. O caso pode abalar a própria estrutura das instituições do estado Sueco. E uma secção muito particular da “Sapo”, a Policia do Estado, vai tentar tudo se defender. Reforço aqui a minha sugestão para que se deixem entrar neste mundo muito particular criado por Stieg Larsson. Li os três livros avidamente. De seguida. Sei que nem toda a gente tem particular apetência por romances policiais, mas estes são de uma intensidade perturbadora, tem uma carga psicológica fortíssima e mais do que fazer a distinção habitual entre bons e maus, diluem os conceitos. Aqui, mais do que os vilões evidentes, como o caso de Zalachenko (pai de Lisbeth) é a própria estrutura do Estado que se põe em causa. A análise das estrutura de controle democrático suecas são dissecadas ao pormenor, ao que não é alheia a própria biografia do autor. Stieg larsson, antes de ser conhecido como romancista e ter atingido este espectacular exito póstumo, tornou-se conhecido pelas suas posições de luta contra grupos neo-nazis e de extrema direita na Suécia, tornando-se um especialista na matéria, e tornando-se ele prórpio e a sua companheira Eva Gabrielsson alvos desses sectores nos ultimos anos da sua vida. São bons livros sob qualquer ponto de vista. Pena que tenha sido interrompida a série pela infeliz e prematura morte do autor.Boas Leituras!

PARA A SEMANA: A ARTE DA ALEGRIA de Goliarda Sapienza (D. Quixote)

NA MESINHA DE CABECEIRA:

Continuam:

A RAINHA NO PALÁCIO DAS CORRENTES DE AR Millennium III de Stieg Larsson (Oceanos)

INÉDITOS de Antoine de Saint Exupéry (Casa das Letras)

BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA de Pablo de Jevenois (Esquilo)

O MONTE DOS VENDAVAIS de Emily Bronte

CRÓNICA DO PÁSSARO DE CORDA de Haruki Murakami (Casa das Letras)

OS ANAGRAMAS DE VARSÓVIA de Richard Zimmler

2 comentários:

Mínimo Ajuste disse...

Oi, Ricardo. Como está a estante esta semana?
Vim te perguntar o dia e o mês do seu aniversário. Estamos fazendo um mini cadastro no blog para sabermos em que cidades moramos e quando fazemos aniversários.
Tudo bem com você?
Qualquer hora, coloque uma dica de leitura para a gente lá também, tá?
Beijo. Bom final de semana!
Bípede Falante
P.S. Para dizer o dia e mês tem um post chamado CAMPANHA ou então pode escrever para o email minimoajuste@gmail.com

Bípede Falante disse...

Genial a frase de abertura!!!