segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

A TROCA de David Lodge (Edições ASA)

“Nada é permanente, salvo a mudança” Heráclito



Volto uma vez mais a David Lodge, e desta vez por um motivo a mais do que o meu óbvio fascinio pelos livros que escreve. Esta coluna, aliás, foi inaugurada com uma sugestão de leitura de “A Vida em Surdina”, o seu ultimo romance. Regresso à sua obra porque, em primeiro lugar este livro “A Troca” é um prodígio de humor e um ensaio quase perfeito sobre um certo meio académico. Reportado à época em que é escrito, evidentemente. Mas onde se mantem muito daquilo que é distintivo do meio. Mas, e para não ir já ao livro propriamente dito, o que me sugeriu aqui voltar, foi, no meio de leituras soltas me ter apercebido que há uma trilogia, da qual “A Troca” é o primeiro livro. Ora para mim havia apenas dois livros, este e “O Mundo é Pequeno”, incidentalmente o primeiro do autor que li. Ao que parece, e é certo, que assim seja, há uma terceira parte que no original se chama “Nice Work”, ou “Bom Trabalho”, na tradução portuguesa. Seria excelente poder também sugeri-lo, só falta um pequeno pormenor, não o encontro editado entre nós. Ressalvo aqui que a minha busca se reporta ao catálogo da editora portuguesa e a uma busca mais ou menos extensiva na “rede”. É algo que realmente me surpreendeu, e, peço a quem souber, se de facto exitir edição portuguesa que me contradiga. Sim, porque a edição no original já vem a caminho. Não vá a coisa confirmar-se. Assim, aproveitando o facto de desconhecer este trilivro desta trilogia, o que devo confessar, me irrita um bocado, porque até esta data tinha a mania de ter lido tudo o que David Lodge tinha publicado em português , (sei que é um bocado presunçoso dito assim, mas peço que me perdoem, sou mesmo adepto das obras deste senhor). Acrescento que, se de facto o “Nice Work” não estiver de facto editado entre nós, eu pelo meu lado, e quem a mim se quiser juntar, vou pedir encarecidamente à editora que o faça. Se alguém, de entre os que partilham esta “coisa” por livros, tiver “friend in high places”, por favor, que utilize as influências, meta cunhas e quiçá corrompa um bocadinho. Valia a pena e, isso sim era um “Nice Work”! J Quanto ao romance “A Troca”, propriamente dito, retrata a vida de dois professores universitários, um norte- americano e um inglês, respectivamente Philip Swallow e Morris Zapp, que ao abrigo de um programa de intercâmbio trocam de Universidades, a de Rummidge (inspirada em Birmingham) e Plotinus no “inventado” State of Euphoria (inspirada em Berkeley, California). Este livro como poderão ver (ler), é um tratado sobre as idiossincrasias de dois nativos deslocados da sua tribo, e vai aprofundando o nível de ambientação de cada um, à respectiva nova realidade. Só posso acrescentar que é absolutamente genial e imperdível. Mais, é passado (e escrito) num periodo histórico muito particular, meados dos anos setenta, o que só ajuda a criar ambientes de um certo delirio, como constatarão. Faço esta sugestão, que, como sempre, na minha pessoalíssima opinião, é absolutamente a não perder. Aproveitem e Boas Leituras! J

PARA A SEMANA: A SUL DA FRONTEIRA, A OESTE DO SOL de Haruki Murakami (Casa das Letras)

NA MESINHA DE CABECEIRA:

Continuam:

NO CORAÇÃO DE ÁFRICA de William Boyd (Casa das Letras)

CITAÇÕES E PENSAMENTOS DE FERNANDO PESSOA de Paulo Neves da Silva (Casa das Letras)

INÉDITOS de Antoine de Saint Exupéry (Casa das Letras)

BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA de Pablo de Jevenois (Esquilo)

O MONTE DOS VENDAVAIS de Emily Bronte

A ESTIRPE de Chuck Hogan e Guillermo del Toro

OS ANAGRAMAS DE VARSÓVIA de Richard Zimmler



2 comentários:

Bípede Falante disse...

Faz muito tempo que não leio nada do Lodge. Pararam de publicar por aqui. Antes, era fácil encontrá-lo. Mas vou ir em busca. Eu gostava muito.

Ricardo disse...

Olá Bípede,

Se eu puder ajudar, disponha. Se não encontrar, há várias livrarias online portuguesas que enviam.

Obrigado pela visita :)