quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

O COLECIONADOR DE MUNDOS de Ilija Trojanow (Arkheion)


“O mundo é cego, e tu vens exactamente dele” Dante Alighieri


Esta sugestão vai carregadinha de colesterol J. No meio desta época festiva onde estou certo muitos dos presentes foram livros, fui lendo este que que agora vos aconselho. Apesar de o ambiente económico estar com toda a certeza a afetar as vendas de editores e livreiros, o Natal é sempre um momento especial onde, com maior ou menor dificuldade sempre se encontra um esforço para comprar aquele livro que trazemos debaixo de olho. Há muitas formas de se escrever um grande livro, uma delas e nem sempre a mais fácil é escolher uma boa história e um personagem que tenham existido de facto. No sentido de que a realidade ultrapassa muitas vezes a ficção, há nas histórias que se contam sobre os grandes homens um fascínio particular. “O Colecionador de Mundos” de Ilija Trojanow, agora editado entre nós pela Arkheion, não é nem pretende ser uma biografia típica. É, muito mais um romance que aproveita parte do genial percurso de Sir Richard Francis Burton, um explorador inglês do século XIX, que entre outros feitos é conhecido pelas traduções de obras como “As Mil e Uma Noites” e o “Kama Sutra”. De entre uma vida rica de viajante com muitas peripécias e aventuras, o autor revela os dias (ficcionados) de Richard F.Burton na India, na peregrinação que faz a Meca disfarçado de muçulmano e explorando a Africa, abrindo caminho à descoberta da nascente do Nilo.  É uma obra que revela uma escrita madura e com um olhar que reflete uma visão sobre toda a atmosfera dos locais por onde a personagem se move e como estas diferentes paisagens e gentes convergem numa história de vida absolutamente ímpar. É um excelente livro, bem construído, melhor escrito e com um tema extraordinário. Na próxima oportunidade, juntem também este “mundo” à vossa coleção. Vale bem a pena … Boas Leituras e Votos de um Excelente 2013, cheio de livros!!! J

Na Mesinha De Cabeceira:
PENA CAPITAL de Robert Wilson (D. Quixote)
UM APARTAMENTO EM ATENAS de Glenway Wescott (Relógio d´Agua)
ATÉ AO FIM 1944-1945 de Ian Kershaw (D. Quixote)
MIRAGEM DE AMOR COM BANDA DE MUSICA de Hernán Rivera Letelier(Quetzal)
A FABULA de William Faulkner (Casa das Letras)
O PROBLEMA ESPINOSA de Irvin D. Yalom (Ed. Saída de Emergência)
JOSÈ de Rubem Fonseca (Sextante Editora)


1 comentário:

C. disse...

Estou a terminar este "O Colecionador de Mundos" e apesar de achar que o trabalho de investigação do autor é de destacar,a verdade é que esta personagem para mim não saiu do papel, manteve-se (vai-se mantendo) encerrada nas páginas do livro- Parece-me uma personagem construída.
(Apesar de registos diferentes, achei "Leão, O Africano" do Maalouf mais interessante.)

Boas Leituras:)